array(2) { [0]=> string(4) "toto" [1]=> string(4) "titi"} Mondes américains : Centros de pesquisa

Mondes Américains |

Centros de pesquisa

Centros de pesquisa

Mondes Américains é o pirmeiro laboratorio  de história e antropologia dedicado às Américas no seu conjunto. Esta especificidade, que também representa a sua força, está diretamente ligada à historia de sua criação, reunindo cinco centros em torno a  problemáticas comuns.  Uma breve aprensentação de cada um deles permitirá entender melhor como se deu sua integração ao MASCIPO, integração que se concretizou com a transversalidade voluntária das linhas de pesquisa do laboratório.

 

• O Centro de Estudos Norteamericanos (CENA-EHESS), dirigido por Gilles Havard, foi criado em 1980 por François Furet e desenvolveu-se a partir da admissão de um docente efetivo (“directeur d’études permanent”),, Jean Heffer, em 1984. Ao longo dos últimos trinta anos, o CENA estabeleceu parcerias ativas com numerosas instituições e centros de  pesquisa franceses, europeus e norteamericanos, chegando a  ocupar seu espaço no lequedos estudos norteamericanos na França e na Europa. A história do Estado, os estudos urbanos, a história atlântica, com uma atenção particular à formação de novas sociedades em situação colonial e às migrações transatlânticas, a etnohistória, os estudos sobre raça e etnicidade, a antropologia da música ou ainda a história e a antropologia dos desastres naturais são os campos de pesquisa privilegiados por seus membros numa perspectiva tanto nacional quanto transnacional.

► Consultar o site do CENA

 

• O Centro de Estudos e Pesquisas sobre os Mundos Americanos (EHESS), dirigido por Anath Ariel de Vidas, sucedeu ao CERMACA (Centro de pesquisas sobre o México, a América Central e os Andes), fundado em 1984 na EHESS por Nathan Wachtel, juntamente com Serge Gruzinski, em torno à  antropologia histórica andina. Com o passar do tempo, o CERMA diversificou  seus objetos de estudo, ampliou o campo de suas pesquisas à antropologia e à socio-história, multiplicando assim  sua colaboração com parceiros latinoamericanos. Esta pluralidade de temáticas, que leva a marca de  um interesse sempre renovdo pelas relações entre o local e o global, conduziu à mudança de nome do centro. Atualmente, os pesquisadores e docentes do CERMA dedicam-se ao estudo  das relações entre memória, história e conflitos, das construções identitárias, das reivindicações sociais e das expressões simbólicas, estéticas bem como da memória coletiva no periodo contemporâneo.

►Consultar o site do CERMA

 

• O Centro de Pesquisas da História da América Latina e do Mundo Ibérico (Universidade Paris 1-Panthéon-Sorbonne), dirigido por Annick Lempérière, foi criado em 1970 por François Chevalier(†), antigo estudante de Marc Bloch e primeiro titular da cátedra de história da América Latina na Universidade Paris1-Panthéon-Sorbonne. Dirigido por François-Xavier Guerra (†) de 1985 a 2002, e por Annick Lempérière desde 2003, o CRALMI desenvolve suas atividades de ensino e pesquisa sobre a América latina e as Caraíbas do século XVIII ao século XXI, nas áreas de história política, socio política e socio cultural : mobilizações sociais e mudança política, republicanismo e constitucionalismo na época das independências ; a construção do Estado no século XIX ; o nascimento das relações internacionais nas Américas latinas e no hemisfério americano ; abordagens cruzadas e transnacionais das transferências culturais e da circulação dos saberes. Desde cedo, o CRALMI estabeleceu laços com  diversos centros universitários na América, notadamente no México, na Venezuela, na Colômbia, no Chile e na Argentina.

►Consultar o site do CRALMI

 

• O Centro de Pesquisas sobre o Brasil Colonial e Contemporâneo (CRBC-EHESS), co-dirigido por Jean Hébrard e Claudia Damasceno Fonseca, foi criado em 1985 na EHESS por Ignacy Sachs, concentrando-se em pesquisas sobre o desenvolvimento. Rapidamente,  o centro tornou-se  um dos polos de referência na formação de alunos e pesquisadores brasileiros em economia, sociologia rural, literatura e antropologia das religiões. Continuando a desempenhar este papel junto aos pesquidaores europeus trabalhando sobre o Brasil e junto aos pesquisadores brasileiros de passagem pelaFrança, o CRBC abriu-se ainda, a partir de 2000, para novas dimensões dos estudos brasilinistas. Numa primeira fase, interessou-se pela circulação dos intelectuais e pelos processos de migração interna e internacional. Numa segunda fase, novas pesquisas trataram da história social e cultural da escravidão e do tráfico de escravos. Mais recentemente, na perspectiva de novos laços com as universidades portuguesas, tem tratado do lugar do Brasil no Império colonial português.

►Consultar o site do CRBC

 

• O ESNA (Impérios, Sociedades, Nações, América Latina e Mediterrâneo Ocidental) da Universidade Paris Ouest Nanterre La Défense, dirigido por Pierre Ragon, foi criado em 1996 por iniciativa de Jean-Michel Sallmann; foi dirigido até 2006 por Thomas Calvo. O centro especializou-se no estudo das sociedades coloniais Ibero-americanas e, mais particularmente, na história da missão e do fato religioso em meio colonial. Em seguida, abriu-se a outras problemáticas de pesquisa  : a história das ciências e dos saberes nos impérios coloniais europeus, nos séculos XVI a XVIII, com uma abordagem comparativa entre metrópoles e colônias, assim como a análise das evoluções geopolíticas ligadas à expansão européia entre o final do século XV e o finaldo XVIII.

►Consultar o site do l'ESNA

EHESS
CNRS
Paris Sorbonne
Paris Ouest Nanterre la Défense

flux rss  Actualités

Le Prix Lionel-Groulx 2020 a été attribué à Cécile Vidal (EHESS/Mondes Américains/CENA)

Prix et distinctions -Le Prix Lionel-Groulx 2020 de l'Institut d'histoire de l'Amérique française (Canada) a été attribué à Cécile Vidal (EHESS/Mondes Américains/CENA) pour son ouvrage : Caribbean New Orleans : Empire, Race, and the Making of a Slave Society, Williamsburg et Chapel Hill, Omohund (...)(...)

Lire la suite

Le prix de la recherche SAES/AFEA 2020 a été attribué à Cécile Vidal (EHESS/Mondes Américains/CENA)

Prix et distinctions -Le Prix de la recherche SAES/AFEA (Société des anglicistes de l’enseignement supérieur/Association française d’études américaines) 2020 a été remis en visioconférence lors de l'assemblée générale de l'AFEA à Cécile Vidal pour son ouvrage : Caribbean New Orleans : Empire, Ra (...)(...)

Lire la suite

Le Prix de la Fondation Martine Aublet 2020 a été décerné à Gilles Havard (EHESS/Mondes Américains/CENA)

Prix et distinctions -Le Prix de la Fondation Martine Aublet 2020, en collaboration avec le musée du Quai Branly - Jacques Chirac, a été remis à Gilles Havard le lundi 5 octobre 2020 au musée du Quai Branly - Jacques Chirac pour son livre L’Amérique fantôme. Les aventuriers francophones du Nouve (...)(...)

Lire la suite

Plus d'actualités

Mondes Américains - UMR 8168
EHESS

54, boulevard Raspail
75006 Paris, France
Tél. : +33 (0)1 49 54 20 85
Fax : +33 (0)1 49 54 25 36


Communication :
T.  +33 (0) 1 49 54 24 33

Nous suivre sur Facebook